Category Archives: Psicologia

Silvia Federici

A crise da reprodução capitalista e a formação de um novo “proletariado ex lege”

Entrevista de Silvia Federici realizada por Francesca Coin em 23.07.2017, via Nazione Indiana, traduzido por Rafael Almeida Lemos. | Site LavraPalavra

———————————————————

Nos anos setenta você foi a primeira a falar contra o trabalho doméstico mostrando como o processo de acumulação nas fábricas inicia-se sob o corpo da mulher. O que mudou nesses anos? Continue reading

Quadro de Edvard Munch, “Friedrich Nietzsche” (1906).

A crítica de Nietzsche à perspectiva historicista

No texto Segunda Consideração Intempestiva – Da utilidade e inconveniente da história para a vida (1873-74), Friedrich Nietzsche promove uma crítica à perspectiva histórica vigente em sua época. A historiografia com a qual o filósofo alemão se depara apresenta-se como uma imposição da ciência e da história sobre a vida. Continue reading

Quadro de Lesley Oldaker, "Crossing Paths" (2014).

Sublimação: a cura para o mal-estar na civilização

Como podemos ser felizes? Eis a questão cuja resposta perturba a humanidade, sendo objeto de estudo de muitos pensadores no decorrer da história. Com Sigmund Freud não seria diferente. Conhecido como o pai da Psicanálise, o médico debruçou-se sobre o tema fazendo surgir uma nova compreensão do ser humano, este ser, segundo ele, dotado de uma razão imperfeita influenciada por desejos e sentimentos, os impulsos, constantemente contraditórios frente à condição própria de ser biopsicossocial que caracteriza nossa espécie. Continue reading

Teoria do Medalhão: Kant, Freud e Ingenieros na obra machadiana

No conto Teoria do Medalhão, Machado de Assis nos brinda, mais uma vez, com sua fina ironia ao referir-se ao comportamento de certas figuras da sociedade.

Por meio de um diálogo entre pai e filho, o autor expõe o caminho para tornar-se um homem medíocre ou, como ele prefere chamar sarcasticamente, um ‘medalhão’. Continue reading

Escola Municipal Campos Salles

Os Corpos Dóceis (M. Foucault) e a Escola Municipal Campos Salles

Proporcionar aos nossos jovens um ensino de qualidade parece ser um grande desafio para os governantes. Quando falamos de estudantes de baixa renda, os problemas tornam-se ainda maiores. Devido às dificuldades com que a maioria deles convive no cotidiano, muitas vezes, o desestímulo acaba prevalecendo quando o assunto é frequência escolar. Muitos têm de abandonar os estudos para ajudar os pais, seja trabalhando para complementar a renda familiar ou cuidando dos irmãos enquanto os pais trabalham. Outros acabam se “atrasando”, sentindo-se deslocados em turmas de menor idade. Há ainda aqueles que preferem viver entre seus pares, brincando, jogando videogame, ou, quando pior, envolvendo-se em atividades consideradas ilícitas. Continue reading